Apps para diabetes

APP-DIABETES-CONTROLA

Apps em inglês, aplicações no português de Portugal e aplicativos no português do Brasil.

As apps podem ajudar a controlar melhor a diabetes? Quais são as melhores, as mais recomendadas?

Sim, as apps podem ajudar a controlar melhor a diabetes. Pesquisas mostram que o uso das aplicações pode estimular as pessoas ao autocuidado e a fazer mudanças positivas no seu estilo de vida, melhorando o controle da diabetes.

O feedback instantâneo é um grande motivador

Ter o resultado imediato das calorias perdidas na sua atividade física, da sua glicemia ou dos carboidratos da refeição ingerida pode servir como um estimulante para se cuidar e, se cuidar melhor!
Principalmente, se além do registro e dicas do que fazer, a app facilitar o entendimento do que acontece no organismo com diabetes.
Porque não basta colocar os dados no aplicativo e obter um resultado. Da mesma forma que no método tradicional é importante entender o mecanismo de como o organismo reage à falta de insulina, a chamada “Educação em Diabetes”.

É preciso entender a diabetes

No entanto, infelizmente, apenas 20% das apps disponíveis têm esse tipo de conteúdo.

Então, quais seriam as melhores aplicações?
A resposta não é simples.

Ainda não existe uma regulamentação que determine as características necessárias para que se diga o que é uma “boa app para o controle da diabetes”.

Alguns países iniciaram um processo de regulamentação avaliando, por exemplo, a segurança e a facilidade do uso, mas sem contemplar outros requisitos importantes, como:

1. Proteção de dados : garantia de privacidade das informações fornecidas evitando que um dia possam ser comercializadas por exemplo, para indústria farmacêutica, profissionais da saúde, companhias de seguro de saúde, publicidade e outros.
2. Acessibilidade: facilidade de uso, linguagem clara, possibilidade de usar em todas plataformas e preço acessível.
3. Conteúdo: desenvolvido com a colaboração de especialistas, com informações importantes, confiáveis e educativas.
4. Regulação da monetização: controle do tipo e conteúdo de propagandas, conflito de interesses (Apps desenvolvidas pela indústria farmacêutica ou por seguros de saúde, por exemplo, que poderiam obter algum tipo de ganho com o conteúdo ou com informações).
5. Eficácia clínica: comprovação clínica de resultados .

Mesmo não havendo uma regulamentação formal para essas aplicações e programas de controle da diabetes algumas instituições científicas têm se esforçado para avaliá-las e, inclusive, colaborar na sua criação.

Veja abaixo alguns aplicativos que podem ajudar no controle ao diabetes:


– Desenvolvido pela Sanofi, com o apoio da Sociedade Portuguesa de Endocrinologia e Diabetologia Pediátrica (SPEDM):

Mission T1D
https://play.google.com/store/apps/details?id=sanofi.missiont1d&hl=pt_PT


– A Sociedade Brasileira de diabetes tem uma página aonde apresenta alguns aplicativos, divididos segundo categorias, para auxiliar no controle de diabetes.   https://www.diabetes.org.br/profissionais/lista-de-recursos-tecnologico

1) Apps para Orientação Nutricional/Contagem de Carboidratos

http://gliconline.net/

https://www.diabetes.org.br/publico/baixe-agora-o-app-oficial-de-contagem-de-carboidrato-da-sbd

http://www.tecnonutri.com.br

http://www.fatsecret.com.br

http://www.myfitnesspal.com

2) Apps para a Prática de Exercícios/Atividade Física

http://www.myfitnesspal.com

http://www.tecnonutri.com.br

http://www.fatsecret.com.br

3) Apps para Suporte ao Tratamento Via Oral

http://gliconline.net

http://horadoremedio.blogspot.com.br

http://www.techtudo.com.br/tudo-sobre/meus-remedios.html

https://www.techtudo.com.br/tudo-sobre/medisafe.html


-Apps dos aparelhos de glicemia

App do aparelho Accu- Chek       https://mysugr.com/

App do aparelho One Touch       https://www.onetouch.pt/OneTouchReveal


-App desenvolvida pela Columbia University Medical Center

http://www.glucoracle.com/


Uma visão positiva do futuro

Na medida em que esses sistemas forem se desenvolvendo, tendo uma regulamentação para o seu funcionamento e se tornando mais confiáveis e eficazes, poderão, num futuro, ser a solução para as pessoas que moram em regiões distantes de recursos médicos ou, mesmo, baratear os custos destes.
Por meio dos algoritmos e de um sistema de resposta rápidas, por exemplo, a pessoa com diabetes poderá colocar os seus dados no programa para ter o resultado imediato e a orientação do que fazer em relação ao seu tratamento.

 

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5962831/
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6090170/
https://www.diabetes.org.br/profissionais/lista-de-recursos-tecnologicos
https://mhealth.jmir.org/2019/1/e11848/
https://www.frontiersin.org/articles/10.3389/fendo.2019.00135/full
https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1499267117310547

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.