COMO TRATAR O DIABETES

COMO-TRATAR-DIABETESNum outro dia estávamos com uma amiga  que há alguns anos foi diagnosticada com diabetes.

Durante o nosso encontro, acompanhado de comidas e bebidas, acabamos tocando no assunto: e então como vai o seu controle? (concordo que não é uma conversa muito adequada para o momento, mas estávamos entre amigos da área da saúde…)

– Quando eu como direito o controle fica ótimo! Respondeu, dando risada.

Pois é, uma BOA ALIMENTAÇÃO é uma das chaves para se conseguir um bom controle do diabetes e ela sabe disso. Mas isso pode parecer um pouco vago, não é? Afinal o que significa uma alimentação adequada?

Bem, para começar: controlar a ingestão de carboidratos ou hidratos de carbono.

Por que?

Porque os carboidratos são transformados em glicose (açúcar) durante a digestão. No caso da pessoa com diabetes, há uma falta de insulina para transformar essa glicose em energia, o que faz dos carboidratos um dos principais responsáveis pelo aumento da glicemia após as refeições.

Como controlar?

Não existe uma quantidade ideal. As necessidades mudam de acordo com a idade, tipo de medicação ou insulina usada, peso, o tipo de diabetes e nível de atividade física praticada.

Por isso, para facilitar o seu controle procure escolher um tipo de carboidrato por refeição, mas na medida em que conhecer mais sobre o diabetes e como o seu organismo reage aos alimentos poderá fazer escolhas mais elaboradas, misturando dois tipos deles, por exemplo, na mesma refeição e controlando a quantidade de cada um.

Procure escolher aqueles carboidratos que são ricos em nutrientes e que são digeridos e absorvidos mais lentamente como o arroz, feijão, lentilhas, pão de centeio ou integral, batata, mandioca, queijos, leite, iogurte (sem açúcar), massas, couscous e aveia.

Coma também mais hortaliças e legumes e frutas frescas (cerca de duas a três unidades/peça ao dia).

Por que?

Porque as fibras desses alimentos ajudam a regular o funcionamento do intestino, a diminuir a fome e, por consequência, a vontade de comer outros alimentos como carboidratos, por exemplo.  As fibras também contribuem para uma  absorção mais lenta dos carboidratos evitando a hiperglicemia.

Veja mais informações sobre a Alimentação e o Diabetes.

PERDER PESO também pode ajudar melhorar o controle em situações de sobrepeso e obesidade.

Perder 5 a 10 % do seu peso pode ajudar a melhorar a sua sensibilidade à insulina, isto é, a capacidade da insulina transformar a glicose em energia.

Por que?

Porque o aumento da gordura corporal, principalmente na região da barriga, contribui para a chamada ”resistência à ação da insulina” que dificulta a transformação da glicose em energia e,  por isso, leva ao aumento da glicose no sangue, a hiperglicemia.

 

Fazer algum tipo de ATIVIDADE FÍSICA também faz parte do tratamento, claro, se você não tiver nenhum outro problema que o impeça de fazer exercícios.

Por que?

Porque o exercício melhora a ação da insulina no organismo, diminui os níveis de glicose no sangue, ajuda a manter ou reduzir o peso e causa bem-estar.

O que fazer?

Qualquer atividade física que você goste. Essa é uma parte importante: gostar do que vai fazer. As caminhadas podem ser um começo, usar menos o elevador, comece descendo uns andares antes do seu e seguindo pelas escadas, fazer jardinagem entre outras, use sua criatividade e mexa-se!

Veja mais sobre Atividades Físicas e Diabetes

 

Mas e quando essas medidas não são suficientes para controlar a glicemia?

Quando você está fazendo tudo certo e mesmo assim o seu controle vai mal, significa que é necessária uma ajuda extra. Que chegou a hora de iniciar o USO DE MEDICAÇÕES.

Por que?

Porque provavelmente o seu organismo não está conseguindo produzir insulina ou utilizar a insulina produzida conforme as suas necessidades. Isso pode ocorrer logo no inicio, após o diagnóstico, ou durante o tratamento. Também é normal que, ao passar o tempo, a capacidade do organismo produzir insulina ou de aproveitá-la vá diminuindo e, por isso, seja necessário utilizar outros tipos de medicações ou até mesmo a insulina.

Como esse é um assunto mais extenso veja mais informações em Medicações Usadas no Diabetes

Então, o tratamento do diabetes consiste em conseguir um bom controle da glicose no sangue, a glicemia. Basicamente:

  • Ter uma boa alimentação
  • Fazer atividades físicas
  • Perder um pouco de peso, se for necessário
  • Usar as medicações, segundo a orientação médica

Parece muita coisa? Talvez seja…

Essa amiga que, como eu disse, trabalha na área da saúde, confessou: é uma preocupação constante!

Imagino que, se para ela que entende do assunto é complicado, para o “marinheiro de primeira viagem” então…

Ok, mas como se diz aqui em Portugal: não há volta a dar.

Quanto antes assumirmos que temos que mudar nossos hábitos e que isso vai nos fazer bem, mais rápido chegaremos aos bons resultados.

É claro que mudar hábitos ou mudar um estilo de vida não é fácil.

Nunca me esqueço de uma das aulas de dinamarquês (quando vivi naquelas terras…) em que havia um texto com uma entrevista aos imigrantes de várias partes do mundo que moravam lá. A pergunta era: O que você mais sente falta da sua terra natal?

Para a minha surpresa não era o clima, a língua ou algum hábito específico que deixava as pessoas saudosas. As respostas, quase unânimes, foram: a comida. Os estrangeiros que estavam morando na Dinamarca sentiam falta da comida de seu país de origem!

Então, é isso. É difícil para todo mundo, mas se quisermos mudar conseguiremos.

Defina por onde quer começar.

Pense bem, sem culpa,  mas fazendo uma autoanálise honesta. Você é capaz de identificar o que deve ser mudado.

Faça uma lista, escolha uma pequena mudança de cada vez e siga em frente.

P.s.: Já ia me esquecendo, se falhar, recomece…sempre! Boa sorte!

Veja mais informações nos nossos outros posts:

Tipos de Diabetes e Diagnóstico

DIABETES TIPO 2 – O QUE ACONTECE NO SEU ORGANISMO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.