COMO TRATAR O DIABETES

COMO-TRATAR-DIABETESNum outro dia estávamos com uma amiga  que há alguns anos foi diagnosticada com diabetes. Durante o nosso encontro, acompanhado de comidas e bebidas, acabamos tocando no assunto: e então como vai o seu controle? (concordo que não é uma conversa muito adequada para o momento, mas estávamos entre amigos da área da saúde…)

– Quando eu como direito o controle fica ótimo! Respondeu ela, rindo.

Pois é, uma BOA ALIMENTAÇÃO é uma das chaves para se conseguir um bom controle do diabetes e ela sabe disso. Mas isso pode parecer um pouco vago, não é? Afinal o que significa uma alimentação adequada?

Bem, para começar: controlar a ingestão de carboidratos ou hidratos de carbono.

Por que?

Porque os carboidratos são transformados em glicose (açúcar) durante a digestão. No caso da pessoa com diabetes, há uma falta de insulina para transformar essa glicose em energia, o que faz dos carboidratos um dos principais responsáveis pelo aumento da glicemia após as refeições.

Como controlar?

Não existe uma quantidade ideal. As necessidades mudam de acordo com a idade, tipo de medicação ou insulina usada, peso, o tipo de diabetes e nível de atividade física praticada.

Por isso, para facilitar o seu controle procure escolher um tipo de carboidrato por refeição, mas na medida em que conhecer mais sobre o diabetes e como o seu organismo reage aos alimentos poderá fazer escolhas mais elaboradas, misturando dois tipos deles, por exemplo, na mesma refeição e controlando a quantidade de cada um.

Procure escolher aqueles carboidratos que são ricos em nutrientes e que são digeridos e absorvidos mais lentamente como o arroz, feijão, lentilhas, pão de centeio ou integral, batata, mandioca, queijos, leite, iogurte (sem açúcar), massas, couscous e aveia.

Coma também mais hortaliças e legumes e frutas frescas (cerca de duas a três unidades/peça ao dia).

Por que?

Porque as fibras desses alimentos ajudam a regular o funcionamento do intestino, a diminuir a fome e, por consequência, a vontade de comer outros alimentos como carboidratos, por exemplo.  As fibras também contribuem para uma  absorção mais lenta dos carboidratos evitando a hiperglicemia.

Veja mais informações sobre a Alimentação e o Diabetes.

 

PERDER PESO também pode ajudar melhorar o controle em situações de sobrepeso e obesidade.

Perder 5 a 10 % do seu peso pode ajudar a melhorar a sua sensibilidade à insulina, isto é, a capacidade da insulina transformar a glicose em energia.

Por que?

Porque o aumento da gordura corporal, principalmente na região da barriga, contribui para a chamada ”resistência à ação da insulina” que dificulta a transformação da glicose em energia e,  por isso, leva ao aumento da glicose no sangue, a hiperglicemia.

 

Fazer algum tipo de ATIVIDADE FÍSICA também faz parte do tratamento, claro, se você não tiver nenhum outro problema que o impeça de fazer exercícios.

Por que?

Porque o exercício melhora a ação da insulina no organismo, diminui os níveis de glicose no sangue, ajuda a manter ou reduzir o peso e causa bem-estar.

O que fazer?

Qualquer atividade física que você goste. Essa é uma parte importante: gostar do que vai fazer. As caminhadas podem ser um começo, usar menos o elevador, comece descendo uns andares antes do seu e seguindo pelas escadas, fazer jardinagem entre outras, use sua criatividade e mexa-se!

Veja mais sobre Atividades Físicas e Diabetes

 

Mas e quando essas medidas não são suficientes para controlar a glicemia?

Quando você está fazendo tudo certo e mesmo assim o seu controle vai mal, significa que é necessária uma ajuda extra. Que chegou a hora de iniciar o USO DE MEDICAÇÕES.

Por que?

Porque provavelmente o seu organismo não está conseguindo produzir insulina ou utilizar a insulina produzida conforme as suas necessidades. Isso pode ocorrer logo no inicio, após o diagnóstico, ou durante o tratamento. Também é normal que, ao passar o tempo, a capacidade do organismo produzir insulina ou de aproveitá-la vá diminuindo e, por isso, seja necessário utilizar outros tipos de medicações ou até mesmo a insulina.

Como esse é um assunto mais extenso veja mais informações em Medicações Usadas no Diabetes

Então, o tratamento do diabetes consiste em conseguir um bom controle da glicose no sangue, a glicemia. Basicamente:

  • Ter uma boa alimentação
  • Fazer atividades físicas
  • Perder um pouco de peso, se for necessário
  • Usar as medicações, segundo a orientação médica

Parece muita coisa? Talvez seja…

Essa amiga que, como eu disse, trabalha na área da saúde, confessou: é uma preocupação constante!

Imagino que, se para ela que entende do assunto é complicado, para o “marinheiro de primeira viagem” então…

Ok, mas como se diz aqui em Portugal: não há volta a dar.

Quanto antes assumirmos que temos que mudar nossos hábitos e que isso vai nos fazer bem, mais rápido chegaremos aos bons resultados.

Mudar hábitos ou mudar um estilo de vida não é fácil.

Nunca me esqueço que em uma das aulas de dinamarquês (quando vivi naquelas terras…) havia um texto com uma entrevista aos imigrantes de vários lugares do mundo que moravam lá: O que você mais sente falta da sua terra natal?

Para a minha surpresa não era o clima, a língua ou algum hábito específico que deixavam as pessoas saudosas. As respostas, quase unânimes, foram: a comida.

Então, é isso. É difícil para todo mundo, mas se quisermos mudar conseguiremos.

Defina por onde quer começar.

Pense bem, sem culpa,  mas fazendo uma autoanálise honesta. Você é capaz de identificar o que deve ser mudado.

Faça uma lista, escolha uma pequena mudança de cada vez e siga em frente.

P.s.: Já ia me esquecendo, se falhar, recomece…sempre! Boa sorte!

Veja mais informações nos nossos outros posts:

Tipos de Diabetes e Diagnóstico

DIABETES TIPO 2 – O QUE ACONTECE NO SEU ORGANISMO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.