AS BEBIDAS E O DIABETES

bebidas-diabetes

 

O diabético pode tomar bebida alcoólica?

Essa é uma dúvida comum quando recebemos o diagnóstico de diabetes ou quando temos um familiar ou amigo com esse diagnóstico.

Afinal, o uso das bebidas alcoólicas faz parte da nossa cultura. Faz parte das reuniões com os amigos, das festas, dos encontros, enfim, da maioria das nossas comemorações.

Aliás, o mesmo acontece em relação à alimentação. Por exemplo, os doces são oferecidos como prêmios aos vencedores ou como presentes aos namorados, na páscoa, lembrancinhas de aniversários e casamentos. Por isso é tão complicado quando nós ou alguém próximo a nós recebe o diagnóstico de diabetes. Mas essa é outra estória para outro assunto A Alimentação e o Diabetes

Na verdade, o consumo de bebida alcoólica é permitido para a maioria dos casos de diabetes, porém com moderação e, principalmente, com a orientação médica, uma vez que deve ser analisada a situação individual do diabético.

O seu médico poderá desaconselhar a ingestão de bebida alcoólica se o seu diabetes estiver mal controlado ou se você estiver com outro problema de saúde.

É preciso conversar com o médico a respeito do tipo de bebida alcoólica que você costuma  beber. Assim ele poderá orientar a quantidade máxima permitida para o consumo e se há a necessidade de fazer mudanças nas doses de medicações quando for beber.

Como provavelmente você já sabe, as bebidas fermentadas como o vinho e a cerveja têm um menor teor alcoólico que as bebidas destiladas, como whisky, aguardente e vodka, por exemplo, o que as torna menos prejudiciais.

O uso abusivo do álcool pode levar a sérios problemas no fígado, no pâncreas e no coração,  aumento da pressão arterial, maior risco para acidente vascular cerebral (AVC ou derrame), aumento da resistência à insulina, hipertrigliceridemia (aumento dos triglicerídeos), maior dificuldade no controle da glicemia, entre outros.

BEBIDAS E O DIABETES – CUIDADOS IMPORTANTES

O diabético que tomou bebida alcoólica em excesso pode ter alguns sintomas parecidos com os da hipoglicemia: sonolência, confusão mental e tonturas.

Se houver a necessidade de atendimento em um serviço de saúde, é importante que o diabético tenha uma identificação de fácil visualização, indicando que ele tem diabetes. Isso poderá facilitar o diagnóstico do problema e o seu tratamento adequado, além de prevenir o uso de medicações desaconselhadas ao diabético.

Mantenha sempre consigo uma identificação com a informação clara que é diabético e as medicações e doses que utiliza

*Mantenha com você uma identificação: EU SOU DIABÉTICO.

Quais diabéticos não devem ingerir bebida alcoólica?

Os diabéticos adolescentes, as grávidas, as diabéticas que estão amamentando, os portadores de pancreatite, os portadores de doença hepática (no fígado), os diabéticos com hipertrigliceridemia severa, os dependentes de álcool e os diabéticos com neuropatia diabética avançada não devem ingerir bebida alcoólica, pois nesses casos o uso do álcool pode trazer sérias complicações para a saúde.

A bebida alcoólica causa hipoglicemia ou hiperglicemia?

A ingestão de álcool pelo diabético pode causar hipoglicemia ou hiperglicemia dependendo da situação e quantidade em que é ingerido.

Se a bebida alcoólica foi consumida acompanhada de uma refeição rica em carboidratos, principalmente no caso de diabéticos tipo 2, pode ocorrer, inicialmente, uma hiperglicemia.

Porém, dependendo do tipo de carboidratos ingeridos na refeição ou caso a bebida alcoólica seja ingerida durante um período de jejum, pode ocorrer uma hipoglicemia.

A ingestão de álcool acompanhada de exercícios físicos antes de dormir também facilita a ocorrência de hipoglicemia durante a noite e no dia seguinte.

Como evitar a hipoglicemia ou a hiperglicemia quando ingerir bebida alcoólica?

É importante sempre seguir as orientações médicas em relação à ingestão da quantidade adequada de bebida alcoólica para evitar o consumo excessivo e suas consequências.

Pode ser necessária a mudança na dose da insulina ou medicações antes ou depois da ingestão de bebida alcoólica. Essa situação deve ser discutida previamente com seu médico.

Realizar sempre o teste de monitoramento da glicemia antes e após a ingestão de bebidas alcoólicas.

É aconselhável alimentar-se antes e/ou durante a ingestão de bebida alcoólica. Não beber com o estômago vazio.

A ingestão de bebida alcoólica estimula a diurese, a vontade de urinar. Assim sendo, é importante alternar a ingestão de bebida alcoólica com a ingestão de água para manter uma boa hidratação e prevenir situações de desidratação e hiperglicemia.

Evitar a ingestão de bebida alcoólica acompanhada de exercícios físicos antes de dormir. Se o fizer, é uma boa ideia fazer o monitoramento da glicemia antes de dormir, durante a noite e pela manhã.

Ficou alguma dúvida? Pergunte-nos ou faça seu comentário no espaço no final da página!

Mais informações

A Hipoglicemia

A Hiperglicemia

Teste de Glicemia  Capilar

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s