ATIVIDADES FÍSICAS E O DIABETES

atividades-fisicas-diabetes

 

 

 

 

 

Fazer uma atividade física faz parte do tratamento do diabetes. O exercício melhora a ação da insulina no organismo, diminui os níveis de glicose no sangue, ajuda a manter ou reduzir o peso e causa bem-estar.

Um preparador físico com treinamento em diabetes pode ser consultado para facilitar a realização adequada de atividades físicas.

É importante consultar o médico antes de iniciar a atividade física escolhida. Ele irá avaliar as suas condições físicas para que a atividade possa ser mais saudável e com menor risco à sua saúde.

Deve ser discutido com o médico a atividade física que será realizada, a sua intensidade e o horário que será praticada, para ajuste da dose de insulina e medicações, se necessário.

Pode ser necessária, também, a realização de um teste de esforço para os adultos que iniciam uma atividade física a fim de avaliar a capacidade cardíaca individual e orientar a realização dos exercícios de acordo com ela.

Tipos e Frequência de Exercícios Físicos Indicados Para o Diabético

A atividade física semanal recomendada aos diabéticos é a realização de 150 minutos de exercícios de moderada intensidade ou 75 minutos de exercícios de alta intensidade.

Também pode ser realizada uma combinação entre as duas modalidades. Esses minutos devem ser divididos pelos dias da semana, procurando não deixar um intervalo maior que 2 dias entre eles.

Tipos de exercício Indicação Exemplo Frequência
Exercícios aeróbicos Melhoram as condições gerais do diabético e suas chances de melhor qualidade de vida no futuro Caminhada, pular corda, corrida,

natação, hidroginástica e ciclismo

Diariamente ou a cada dois dias
Exercícios de fortalecimento Melhoram o aproveitamento da insulina, além de promoverem um aumento da massa muscular Exercícios com pesos 2 a 3 vezes por semana
Exercícios de alongamento Previnem a diminuição da flexibilidade que ocorre com todas as pessoas com o passar dos anos, e com o diabético em especial Yoga, Pilates, alongamento Diariamente

 

Dicas Importantes Para Fazer Exercícios Físicos com Diabetes

  • Discutir com o médico quais as medidas a serem tomadas em caso de hipoglicemia ou hiperglicemia, antes e após a atividade física.
  • Manter sempre a identificação: “Sou diabético”, contendo seus principais dados pessoais, do seu médico ou serviço de saúde, e sobre o seu tratamento.
  • Evitar a realização da atividade física nos horários do pico da ação da insulina. Geralmente, as atividades feitas à tarde levam à maior ocorrência de hipoglicemia durante a noite. Portanto, dê preferência ao período da manhã.
  • Procurar fazer sempre o aquecimento antes de iniciar o exercício físico, e o relaxamento no final da atividade.
  • Procurar aplicar a insulina numa região que não será muito exigida (movimentada) durante a atividade física, para evitar uma absorção mais rápida e riscos de hipoglicemia.
  • Manter boa hidratação durante a realização do exercício físico.
  • Levar algum tipo de lanche e carboidratos de rápida absorção para o caso de hipoglicemia ou no caso de uma atividade física prolongada. Após uma hora de atividade pode ser necessário ingerir algum tipo de carboidrato.
  • Verificar a glicemia antes e depois da atividade física. Não fazer exercícios se a glicemia estiver acima de 250mg/dl, se houver presença de cetose ou cetoanúria, ou ainda, se a glicemia estiver abaixo ou igual a 100mg/dl.
  • Procurar manter a glicemia entre 100mg/dl e 200mg/dl para a realização de atividades físicas.
  • Verificar a glicemia durante a atividade física quando a intensidade dos exercícios for alta, durar mais de uma hora (verificar a cada uma a duas horas) ou no caso de sentir-se mal.
  • Informar pessoas que acompanham sua atividade física, colegas mais próximos, professores ou treinadores que você tem diabetes e, se possível, orientá-las sobre os sinais de hipoglicemia e o que fazer nesse caso.
  • Examinar os pés após o exercício e procurar usar sapatos adequados durante a prática da atividade física.

O Diabetes e os Cuidados com os Pés 

Atenção!

Se a glicemia capilar estiver menor ou igual a 100 mg/dl é recomendada a ingestão de:

  • 15 g a 30 g de carboidrato de rápida absorção como, por exemplo, uma colher de sopa rasa de açúcar, ou 3 balas, ou cerca de meio copo (150ml) de refrigerante não dietético, ou cerca de meio copo de suco de laranja (150ml), ou uma colher de sopa de mel, ou 1 tablete de glicose.
  • Esperar 15 a 30 minutos para nova verificação. Se a glicemia não aumentar, ingerir mais 15g de carboidrato e repetir a verificação após 15 a 30 minutos. Só exercitar-se quando a glicemia estiver acima de 100mg/dl.

Ficou alguma dúvida? Pergunte-nos ou faça seu comentário no espaço no final da página!

Se você gostou desse post, por favor, ajude-nos a divulgá-lo, curta e compartilhe-o! Obrigado :)!

Mais informações

Exercícios Aeróbicos contra o Alzheimer- O que isso tem a ver com o diabetes?

Jogos Olímpicos 2016 – Uma Inspiração

Teste de Glicemia Capilar

A Hipoglicemia

A Hiperglicemia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s